PF faz alerta a pais sobre jogo que tem levado a suicídio e automutilação


Após o registro de casos de suicídios e automutilação de adolescentes e jovens, a Polícia Federal está fazendo um alerta a pais e responsáveis sobre o jogo Baleia Azul. O fenômeno ganhou visibilidade e vem se alastrando pelo mundo e tudo começou na Rússia, em 2015, quando uma jovem de 15 anos se jogou do alto de um edifício; dias depois, uma adolescente de 14 anos cometeu suicídio se jogando nos trilhos do trem da cidade de Ussuriysk. Depois de investigar as causas, a polícia ligou os fatos a um grupo que participava de um desafio com 50 missões, sendo a última delas acabar com a própria vida. A partir daí aconteceram cerca de 130 suicídios de crianças ocorridos na Rússia de novembro de 2015 a abril de 2016 e que de acordo com eles, quase todos eram membros do mesmo grupo na Internet.

No Brasil, foram pelo menos três vítimas, no Mato Grosso e Minas Gerais. Em Minas, uma menina morreu em uma represa e um menino morreu de overdose de remédios, com indícios de cortes no braço e no whatsapp comentários sobre o jogo, respectivamente. Na Paraíba, a Polícia Militar está investigando casos em que uma classe de alunos estariam realizando o procedimento de mutilação.

A PF lembra que jogos com apelos de riscos letais têm virado moda entre os adolescentes como o jogo da asfixia, desafio do sal e gelo e jogo da fada, que podem atrair não só aqueles em situação vulnerável, ela sedução da emoção que os desafios propõem. Pessoas fragilizadas por eventos traumáticos, isoladas emocionalmente, que possuem dificuldade em confiar ou que se sentem cobradas e exigidas em demasia são mais propensas a desenvolver quadros depressivos que as tornam alvos fáceis para esse tipo de manipulação. Então, utilizando-se da inocência, da paranoia e da neurose de suas vítimas fazem elas a acreditar que estão à mercê dos administradores.

Normalmente, os alvos dos criminosos são crianças e adolescentes, já que são facilmente impressionáveis e por isso são coagidas a participar do jogo no Facebook ou Whatsapp em virtude de terem acesso ao banco de dados do Serasa e Cadastro Nacional (com dados pessoais como nome completo, escola em que estuda, média de notas escolares, cidade, endereço, IP e nome de amigos próximos) onde passam a assustar as vítimas menores de idade ao mostrar dados pessoais e fazer ameaças. A criança se sente pressionada e amedrontada e passa a interagir com eles! As ameaças de seguem com perguntas tais como: “Desenhe uma baleia com estilete no braço, depois tire uma foto quando estiver sangrando e me envie.

Por meio de informações pessoais deixadas pela própria criança como problemas em casa, brigas com os pais, notas baixas na escola, tristeza por ter acabado um namoro, morte na família – então eles se aproveitam desta fragilidade sentimental para incentivar a participar do jogo! Acontece que esses cibercriminosos estão entrando em grupos até de autoajuda, de superação da depressão, discussão sobre transtorno de ansiedade generalizada e aconselhamento pró-vida no Facebook para encontrar e atacar suas vítimas.

Dados sobre o jogo da baleia - É acessado por links em grupos contidos no facebook, numa rede social russa chamada VK atualmente com mais de 33 milhões de usuários ou até mesmo em grupos do whatsapp criados para essa finalidade. Os adolescentes são previamente selecionados para participar de 50 desafios macabros, onde alguém por trás da tela (curador-é a pessoa que convida os jovens para o jogo e comanda e entrega os desafios para serem cumpridos o tempo todo) manipula e dá as ordens para serem cumpridas pelo jogador. As tarefas que incluem escrever frases e fazer desenhos com lâminas na palma da mão e nos braços e com queimaduras, bater fotos assistindo a filmes de terror de madrugada, ficar doente, subir no alto de um telhado ou edifício, escutar músicas depressivas, na última "missão" tirar a própria vida.


1-DENUNCIE OS GRUPOS
Se você perceber algum amigo postando fotos e mensagens estranhas nas redes sociais, talvez ele esteja jogando o “Baleia Azul”, não ignore, DENUNCIE o próprio Facebook possui ferramentas de denúncia.

2-VOCÊ PODERÁ LAVRAR UM BOLETIM DE OCORRÊNCIA Caso você tenha acesso às conversas trocadas entre o mentor e o jogador, pode COMPARECER A UM CARTÓRIO DE NOTAS, onde será lavrada uma ata notarial, dando fé pública ao conteúdo das mensagens (essa ata será importante fonte de prova caso as mensagens sejam apagadas).

ALERTA AOS PAIS

1.    Os pais devem atrair a confiança dos filhos através do diálogo franco e aberto sem qualquer tipo de repressão para que no primeiro sinal de perigo a criança possa sentir-se à vontade e procurar sua ajuda, confidenciando-lhes o que está acontecendo;

2.    Observe o comportamento estranhos dos filhos tais como isolamento, tristeza aguda, decepção amorosa, comportamentos depressivos, atitudes suicidas;

3.    Preste atenção no corpo de seu filho se não existe sinais de mutilação ou queimaduras e se ele de repente está usando camisas de mangas compridas para evitar a exposição de tais marcas;

4.    Há tempo para tudo. Evite que seus filhos fiquem expostos há altas horas na internet e assistindo filmes na televisão pela madrugada;

5.    Observe se ele não está saindo de casa escondido em horários pela madrugada com o objetivo de cumprir tarefas impostas pelo jogo;

6.    Os pais devem supervisionar os acessos dos filhos de uma forma discreta; A vida moderna exige que os pais tenham pelo menos conhecimento básico de internet – peça ao seu filho para ser adicionado nas redes sociais deles, fazendo isso você poderá saber o que está se passando com ele e com quem eles estão interagindo. Caso os pais não tenha idade para aprender a conviver com este mundo virtual eles devem delegar tal tarefa para um parente mais próximo (irmão, primo, sobrinho) a quem o adolescente seja próximo e confie;

7.    Quando possível deixe o computador num local comum e visível da casa;

8.    Se vetar alguma página explique as razões e os perigos da rede;

9.    Evitar expor informações particulares e de dados pessoais em demasia: (telefones, endereços, CPF, horário que sai de casa e para onde está indo, localização acessível o tempo todo, etc);

10.    Evitar colocar fotos tais como: locais onde frequenta (clubes, teatros, igrejas), carros (a placa localiza o endereço), casa (mostra onde a pessoa mora);

11.    Nunca incluir desconhecidos nos contatos; 

FORMAS DE OBTER AJUDA

1.    Também as escolas devem colocar o assunto em pauta e incorporar no currículo, cada vez mais, a educação para a valorização da vida, o respeito pela vida dos outros e o uso consciente das mídias e tecnologias.
2.    E, por fim, não custa lembrar que o CVV (Centro de Valorização da Vida) presta um serviço incrível por meio do telefone 141 e você sempre pode buscar órgãos apropriados como a SaferNet e autoridades locais.

O SEU FILHO PODE ESTA SENDO VITIMA E VOCÊ PODE AJUDAR, OBSERVE O COMPORTAMENTO DELE... VERIFIQUE SE ELE(A) NÃO ESTA FAZENDO DANOS NO SEU PRÓPRIO CORPO... IMAGENS ABAIXO:

Resultado de imagem para imagens do baleia azul jogos desafios
Resultado de imagem para imagens de desafios do BALEIA AZUL
Resultado de imagem para imagens de desafios do BALEIA AZULResultado de imagem para imagens de desafios do BALEIA AZUL

50 desafios do jogo Baleia Azul – Em inglês:


1. Carve with a razor “f57” on your hand, send a photo to the curator.

2. Wake up at 4.20 a.m. and watch psychedelic and scary videos that curator sends you.
3. Cut your arm with a razor along your veins, but not too deep, only 3 cuts, send a photo to the curator.

4. Draw a whale on a sheet of paper, send a photo to curator.

5. If you are ready to “become a whale”, carve “YES” on your leg. If not, cut yourself many times (punish yourself).

6. Task with a cipher.

7. Carve “f40” on your hand, send a photo to curator.

8. Type “#i_am_whale” in your VKontakte status.

9. You have to overcome your fear.

10. Wake up at 4:20 a.m. and go to a roof (the higher the better)

11. Carve a whale on your hand with a razor, send a photo to curator.

12. Watch psychedelic and horror videos all day.

13. Listen to music that “they” (curators) send you.

14. Cut your lip.

15. Poke your hand with a needle many times

16. Do something painful to yourself, make yourself sick.

17. Go to the highest roof you can find, stand on the edge for some time.

18. Go to a bridge, stand on the edge.

19. Climb up a crane or at least try to do it

20. The curator checks if you are trustworthy.

21. Have a talk “with a whale” (with another player like you or with a curator) in Skype.

22. Go to a roof and sit on the edge with your legs dangling.

23. Another task with a cipher.

24. Secret task.

25. Have a meeting with a “whale.”

26. The curator tells you the date of your death and you have to accept it.

27. Wake up at 4:20 a.m. and go to rails (visit any railroad that you can find).

28. Don t talk to anyone all day.

29. Make a vow that “you re a whale.”

30-49. Everyday you wake up at 4:20am, watch horror videos, listen to music that “they” send you, make 1 cut on your body per day, talk “to a whale.”

50. Jump off a high building. Take your life.


50 desafios do jogo Baleia Azul – Tradução:

1. Com uma navalha, escreva a sigla “F57” na palma da mão e em seguida enviar uma foto para o curador.

2. Assista filmes de terror e psicodélicos às 4:20 da manhã, mas não pode ser qualquer filme, o curador indicará, lembrando que ele fará perguntas sobre as cenas, pois ele quer saber se você realmente assistiu.

3. Corte seu braço com uma lâmina, “3 cortes grandes” mas é preciso ser sobre as veias e o corte não precisa ser muito profundo, envie a foto para o curador, e seguirá para o próximo nível.

4. Desenhe uma baleia azul e enviar a foto para o curador.

5. Se você está pronto para se tornar uma baleia escreva “SIM” em sua perna. Se não, corte-se muitas vezes “Castigue-se”.

6. Tarefa em código.

7. Escreva “F40” em sua mão, envie uma foto ao curador.

8. Em sua rede social, escreva “#i_am_whale” no seu status do VKontakte(Rede Social Russa) ou no Facebook. O texto significa “Eu sou uma Baleia”.

9. Ele te dará uma missão baseada no seu maior medo, ele quer fazer você superar esse medo.

10. Acorde as 4:20 da manhã e suba em um telhado, quanto mais alto melhor.

11. Desenhe uma foto de uma baleia azul na mão com uma navalha e enviar a foto para o curador.

12. Assista filmes de terror e psicodélicos, todas as tardes.

13. Ouça as musicas que os “curadores” te enviarem.

14. Corte seu lábio.

15. Fure sua mão com uma agulha muitas vezes.

16. Faça algo doloroso, “machuque-se”, fique doente.

17. Procure o telhado mais alto, e fique na borda por algum tempo.

18. Suba em uma ponte e sente-se na borda por algum tempo.

19. Suba em um guindaste ou pelo menos tente.

20. No próximo passo o curador irá verificar se você é de confiança.

21. Encontre outra baleia azul, “outro participante”, o curador te indicará.

22. Pendure-se novamente em um telhado alto, e apoie-se na borda com as pernas penduradas.

23. Outra tarefa em código.

24. Tarefa secreta.

25. Reunião com uma baleia azul que o curador indicará.

26. O curador indicará a data da sua morte, e você aceitará.

27. Acorde as 4:20 e vá a uma estrada de ferro.

28. Não fale com ninguém o dia todo.

29. Fazer um voto de que você é realmente uma Baleia Azul.

30-49. Todos os dias, você deve acordar às 4:20 da manhã, assistir a vídeos de terror, ouvir música que “eles” lhe enviam, fazer 1 corte em seu corpo por dia, falar “com uma baleia”. Durante o intervalo dos desafios entre 30 e 49.

50. Tire sua própria vida.