12 Benefícios da Farinha de Gengibre – Como Fazer, Como Usar



Raiz utilizada há milênios pelos povos asiáticos, o gengibre ganhou o Ocidente e se tornou um dos alimentos da moda graças às suas propriedades termogênicas e medicinais. Além de acelerar o metabolismo, há outros benefícios da farinha de gengibre, obtida a partir da secagem do gengibre seco, como a melhora da digestão, fortalecimento do sistema imunológico e redução de inflamações, entre outros.
Confira todos esses benefícios da farinha de gengibre e aproveite para saber como preparar a sua em casa e sugestões de receitas com o pó medicinal.

Propriedades da Farinha de Gengibre.

O gengibre é uma verdadeira farmácia em forma de raiz, já que contêm mais de 400 substâncias com propriedades termogênicas, digestivas, anti-inflamatórias, expectorantes, e até mesmo afrodisíacas.
Alguns dos principais nutrientes da farinha de gengibre incluem o potássio, magnésio, cálcio, cobre, manganês, ferro e as vitaminas E, A e B6. Uma colher de chá da farinha de gengibre fornece 18 calorias e 1 grama de fibra alimentar.

Para que serve a Farinha do Gengibre?

Numerosos estudos têm comprovado que o consumo de farinha de gengibre pode auxiliar na perda e manutenção do peso, diminuição das inflamações, combate às doenças cardíacas e ao diabetes, melhora na recuperação muscular pós-treino e diminuição dos sintomas da má-digestão.

Óleos Essenciais

Apesar dos óbvios benefícios das vitaminas e minerais, são os óleos essenciais que realmente garantem boa parte dos benefícios da farinha de gengibre. Substâncias como gingerol, shogaol e zingerona possuem atividade anti-inflamatória e atuam em conjunto para garantir a ação terapêutica da farinha de gengibre.

Benefícios da Farinha do Gengibre


– Acelera o Metabolismo

A farinha de gengibre emagrece porque acelera o metabolismo, acelerando a queima de gordura pelo organismo. De acordo com alguns estudos, o gengibre aumenta a termogênese, processo em que o corpo passa a produzir mais calor como resposta às variações de temperatura ambiental, prática de atividade física ou mesmo através do consumo de determinadas substâncias, como o gengibre.
Essa produção extra de calor irá demandar mais energia por parte do organismo, que irá retirá-la exatamente das reservas de gordura do corpo. Em um estudo realizado no Japão, ratos que receberam farinha de gengibre perderam peso mesmo consumindo uma dieta com alto teor de gordura.
– Elimina Toxinas
Outra atuação da farinha de gengibre sobre o peso se dá pela eliminação das toxinas e diminuição das inflamações, duas condições que causam inchaços e fazem o ponteiro da balança subir. O gengibre é um ótimo estimulante das funções naturais do fígado, órgão que atua literalmente como um grande filtro, sendo responsável por metabolizar praticamente tudo que ingerimos.
Um fígado saudável e eficiente significa menor acúmulo de compostos tóxicos (o que se traduz em menos inflamações), melhor digestão das gorduras dos alimentos e até uma melhora no humor.
– Inibe o Apetite
O gengibre é considerado um supressor natural de apetite e, ao contrário dos remédios utilizados para esse fim, não traz efeitos colaterais e não fará você engordar após interromper o consumo do alimento.
Um estudo realizado pelo Instituto de Nutrição Humana da Universidade de Columbia demonstrou que acrescentar um chá quente de gengibre à dieta pode aumentar a saciedade após as refeições e ajudar no controle da ingestão de alimentos ao longo do dia. 
– Inibe a produção de Cortisol
O bloqueio da produção exagerada do cortisol, hormônio liberado em situações de estresse e que pode levar ao ganho de peso, é mais um dos benefícios da farinha de gengibre. Quando em excesso, o cortisol diminui o metabolismo, aumenta o acúmulo de gordura abdominal e aumenta o inchaço, causando ganho de peso.
– É grande aliada de quem faz musculação  
A farinha de gengibre contém antioxidantes que combatem os radicais livres gerados durante o exercício e ainda por cima ajuda na recuperação pós-treino. Isso porque o gengibre combate as inflamações, acelerando a recuperação e deixando você pronto para malhar novamente em pouco tempo.
Um estudo com 74 voluntários desenvolvido na Universidade da Geórgia (EUA) revelou que a suplementação diária com farinha de gengibre foi responsável pela diminuição de 25% das dores musculares causadas pela prática de exercícios.
Já a propriedade termogênica da farinha de gengibre auxilia na definição muscular, ajudando a diminuir a camada de gordura e melhorando o aspecto geral dos músculos – e colaborando para seu pump muscular.

– É um excelente anti-inflamatório

Nossa alimentação atual rica em alimentos processados e carente de verduras e legumes frescos praticamente garante uma grande quantidade de inflamações em nosso corpo. Inflamações essas que podem causar uma série de problemas – desde dores nas articulações até doenças cardíacas.
Há alguns benefícios da farinha de gengibre para combater essas inflamações, já que ela é rica em grande quantidade de compostos antioxidantes e anti-inflamatórios, como o gingerol, betacaroteno, capsaicina, ácido cafeico, salicilato e curcumina.

– Combate a Celulite

Um dos principais benéficos da farinha de gengibre, o combate às inflamações, é também responsável pela sua contribuição à estética feminina. Você já sabe: como o próprio nome já diz, as celulites são inflamações das células, que causam alteração no padrão da disposição da gordura acumulada.
Ao combater essas inflamações, a farinha de gengibre pode auxiliar no controle e prevenção do surgimento de novas áreas afetadas pela condição.

– Melhora a digestão

Os compostos fenólicos encontrados na farinha de gengibre ajudam a melhorar a irritação gastrointestinal, aumentar a produção de saliva e de bile (auxiliares da digestão) e a diminuir as contrações gástricas, desacelerando a passagem dos alimentos pelo trato intestinal.
Isso significa que o gengibre pode amenizar os sintomas da má digestão, como gases, enjoos, azia e cólicas abdominais.

– Fortalece o Sistema Imune

Não é à toa que as avós recomendavam tomar chá quente de gengibre para curar a gripe: o gengibre fortalece as funções das células de defesa do organismo, e também possui atividade antiviral e antibacteriana. O chá de farinha de gengibre pode curar gripes e resfriados e também prevenir o surgimento da febre.
O gengibre também tem atuação anti-histamínica, sendo assim um ótimo aliado no combate às alergias.

– Estimula a circulação e diminui o colesterol

Pesquisas recentes têm sugerido que um dos benefícios da farinha de gengibre pode ser a diminuição dos níveis de colesterol. Quando consumido de maneira regular o gengibre atua na redução do colesterol originado a partir da alimentação e também do colesterol produzido pelo fígado.
Como a farinha de gengibre melhora a circulação, ela tem atuação anticoagulante (pode afinar o sangue) e anti- hipertensiva (pode reduzir os níveis de pressão arterial).

– Aumenta a libido

O gengibre aumenta a libido masculina e feminina porque melhora a circulação sanguínea, prolongando a função erétil e melhorando a lubrificação feminina.

– Auxilia no controle das taxas de glicose

Um estudo realizado por pesquisadores australianos sugere que mais um dos benefícios da farinha de gengibre seja melhorar o controle da glicemia, evitando picos de insulina e colaborando para a diminuição do risco de desenvolvimento de diabetes do tipo 2.
Ingerir um pouco de farinha de gengibre pode ajudar a controlar a vontade de comer doces que costuma aparecer quando a glicose está lá embaixo. 

Como fazer

Agora que você já sabe para que serve a farinha de gengibre, que tal aprender a prepará-la em casa?
Ingredientes:

·         300 gramas de gengibre.

Preparo:

1.   Corte o gengibre em fatias bem finas;
2.   Coloque as fatias para secar na sombra por uma semana;
3.   Bata as fatias secas no liquidificador até obter um pó bem fino;
4.   Guarde a farinha em recipiente bem tampado.

Como usar

Como possui sabor forte você deve utilizar a farinha em pequenas quantidades – até encontrar a porção ideal para obter os benefícios da farinha de gengibre sem deixar a receita muito “ardida”.
Algumas sugestões de consumo incluem polvilhar frutas picadas, dar sabor a sopas, caldos, sucos de fruta, carnes, legumes grelhados, pães e massas. Uma colher de chá de farinha de gengibre também cai muito bem no suco detox e no shake de whey.
Você também pode diluir uma colher de sobremesa de farinha de gengibre em 1,5 litros de água e tomar ao longo do dia. Outras dicas para utilizar a farinha de gengibre:

·         Molho para salada: junte uma colher de chá de farinha de gengibre, o caldo de dois limões, 1 colher de chá de azeite, 1 colher de chá de shoyu light (com pouco sódio) e sementes de mostarda a gosto. Misture bem e coloque sobre a salada;
·         Chá: você pode fazer um delicioso chá termogênico de gengibre- basta levar ao fogo 1 xícara de água e deixar ferver. Desligue e junte 1 colher de chá de farinha de gengibre, 1 pitada de canela em pó e raspas de limão;
·         Tapioca: adicione 1 colher de café de farinha de gengibre à farinha de tapioca e siga o preparo habitual.